Quando o Nutricionista fala em carboidratos, o que vem primeiro à sua mente?

1) biscoitos, massas, bolos, pizzas, doces… ??

ou 2) frutas, cereais integrais (aveia, trigo integral…), aipim, batatas, arroz com feijão…

Pois é essa a diferença quando falamos em qualidade de carboidratos. A lista 2 é a lista adequada, que deve aparecer com maior frequência, como hábito. É esse o carboidrato que dizemos que têm função, que são importantes na nossa alimentação e que não precisam (e nem devem) serem proibidos ou cortados.

Isso não quer dizer que os alimentos da lista 1 devam ser proibidos. É uma questão de equilíbrio. Com moderação, não há nada que não possa ser consumido. E porquê estou escrevendo sobre isso: percebo que com essa “onda” de dietas Low Carb, as pessoas estão cortando os carboidratos de boa qualidade. Curte o exemplo:

? Frutas engordam, então vou evita-lás. No café da manhã só 1 ovo com suco verde. Ou melhor, vou ficar em jejum até o almoço. O jejum emagrece mais.

? No almoço só um franguinho com saladas (para evitar o arroz com feijão).

? De tarde já começa a bater aquela fome, a força de vontade já começa a reduzir, os colegas do trabalho oferecem um bolo de chocolate, e aí azar!!! Vou comer! E JÁ QUE já estraguei a minha dieta, à noite eu chamo uma pizza com refrigerante. E finalizo com uma sobremesa porque a partir de segunda eu volto pra minha dieta, então até lá vou me despedir dos alimentos que não poderei comer. Ou então desisto de tudo já que não sou capaz de fazer isso.

Moral da história: não cortem carboidratos por conta; não façam restrição alimentar severa. Restrição gera compulsão.

Se você está com dificuldades com a sua alimentação, busque ajuda. E desconfie de quem complica.

Bom fim de semana, com equilíbrio! ?

Grande Abraço!

Nenhum Comentário

Comentários Desativados