Que o cacau nos fornece vários benefícios à saúde não é novidade. Os flavonóides presentes na sua composição são agentes anti-inflamatórios e antioxidantes, com benefícios à saúde cerebral e cardiovascular. Mas você sabe como comprar um chocolate meio amargo de verdade para aproveitar os reais benefícios do cacau? Ou sabe a diferença entre achocolatado e chocolate em pó? Nesse post vou focar no chocolate em si e no próximo trago as diferenças do em pó, ok?

Então, eu tive o grande trabalho de ir nos supermercados aqui da região e comparar os rótulos dos chocolates meio amargos mais encontrados. Comprei e provei todos. Chato, né? ??

Começando com a opção 40% cacau: lamento informar mas você está comendo basicamente açúcar com gordura vegetal (provável trans). Não considero uma boa opção.

A opção 60% cacau: nessa opção temos alguns saborizados e dependendo do sabor pode mudar a composição do chocolate. Alguns tem mais açúcar, alguns tem mais massa de cacau (o ideal) e alguns tem mais açúcar e manteiga de cacau do que massa de cacau (o piorzinho). Vai depender do sabor. Mas já está bem mais interessante que o 40%. O sabor café ficou com a melhor composição.

Agora vamos para o ideal: 70% cacau. Achei basicamente 2-3 marcas no mercado. Um deles é quase metade do preço dos outros. A diferença principal deste de menor valor: aparece na lista de ingredientes o item gordura vegetal. Ou seja, pode ser gordura trans. Só lembrando, gordura trans é desnecessária e prejudicial à saúde. E não deveríamos consumí-la.

Em lojas específicas você ainda encontra opções acima de 70%. Lembrando que quanto mais cacau, melhor, maiores serão os benefícios.

Se você acha o >70% muito amargo, você precisa treinar seu paladar, aprender a gostar do real sabor do alimento. Te garanto que é possível e passa a ser prazeroso.

E como tudo na Nutrição, aprecie com moderação. Equilíbrio é essencial.

Grande Abraço!

Nenhum Comentário

Comentários Desativados