O processo de redução ou manutenção de um peso saudável vai muito além das calorias da sua dieta. Entre outros fatores, um muito importante é a qualidade da alimentação. Você deve priorizar alimentos “de verdade” – não processados – e limitar o consumo de alimentos ultraprocessados. E qual seria a relação desses alimentos com o peso?

* Além do fato de muitas vezes serem ricos em açúcares, gorduras trans e maior valor calórico, são baixos ou isentos em nutrientes importantes ao bom funcionamento do organismo.

* Estudos mostram que o maior consumo de alimentos ultraprocessados pode levar a um comer compulsivo, ou seja, a tendência é comer maior quantidade se comparado a uma alimentação não processada.

* Uma alimentação à base de alimentos não processados também envolve a liberação de hormônios relacionados à saciedade: o hormônio PYY tende a aumentar (responsável pela supressão da fome) e a grelina tende a diminuir (hormônio que promove a fome). Ou seja, a tendência é comer em menor quantidade.

Sim, eles são mais práticos mas tudo nessa vida tem um custo, certo? E se você priorizar saúde e longevidade, organize-se e verá que ter uma alimentação mais natural é mais fácil do que imagina.

Nenhum Comentário

Comentários Desativados